Vale a pena treinar sua equipe Cristiano Marcello

Vale a pena treinar sua equipe de vendas?

Ontem fui com minha esposa comprar um lustre em uma loja de departamentos do tipo “home center”. Vou ocultar o nome da loja, claro, mas é bem conhecida.
Quando chegamos ao departamento das luminárias fomos prontamente atendidos por um vendedor muito atencioso, mas no momento da compra descobrimos que ele estava despreparado.
Informou que não tinha o produto em estoque mas que estava para receber 50 unidades, só não sabia quando. Perguntei se tinha uma base, quinze, vinte, trinta dias, ao que ele respondeu que não.

Sugeri então que deixássemos nosso telefone para que ele entrasse em contato quando recebesse a mercadoria. Ele respondeu que era mais fácil nós comprarmos diretamente no site da empresa, pois aí teriam que “dar um jeito” de entregar a mercadoria.

Saímos da loja prometendo voltar em quinze dias para ver se a loja já terá recebido o produto, mas como trabalho com vendas, um pouco decepcionado.

Pensei imediatamente: – “Não deve ser comissionado, pois sequer anotou meu telefone para compra de um produto de alto valor agregado”. Não recebeu ou assimilou o treinamento de vendas que recebeu.

Bastava me dizer que se eu comprasse ele procuraria acelerar a entrega e na segunda-feira me daria uma posição. Depois de comprado eu teria que esperar. E olha que falei para ele que esperaria trinta dias se fosse necessário, pois o preço estava mais baixo que a concorrência.

Ou seja: a loja já está trabalhando com uma lucratividade menor, paga mais caro por estar em um shopping e mesmo assim deixou de vender.

Será que isto só acontece na loja em questão ou sua empresa pode estar sendo vítima do mesmo fator?

Na próxima vez que receber uma oferta de treinamento de vendas lembre do meu lustre.

*E não se preocupe, eu comprarei o produto, pois minha esposa gostou e preço como disse está melhor. Mas quantos iguais a mim deixaram de comprar nesta loja?

treinar