Alberto Romancini “O verdadeiro Natal” texto n° 5

Escuto várias pessoas dizerem, o espirito de natal tomou conta de meu coração. Lindo não?

Vou doar 100 cestas básicas para pessoas carentes.

Na véspera de natal, vou visitar minha mãe no asilo.

Vou dar uma ceia e reunir toda minha família em minha casa. Quero gastar mais de 5 mil reais que é para nenhum parente sair falando mal depois.

Vou fazer 50 quentinhas e distribuir para os malabaristas que ficam nas sinaleiras da avenida centenário no dia 24 de dezembro.

Tenho que comprar vários presentes bem caro para dar a meus tios. Só para mostrar que eu gastei mais que todos. Vou parcelar em 20 vezes.

Quero sair da ceia beber todas, pego meu carro vou para balada me acabar na bebida. Hoje é natal!

Vou a missa de natal, tomara que termine mais cedo, não quero perder a ceia, afinal de contas eu paguei 200 reais de minha parte. Vou comer e beber tudo que gastei.

Vou voltar a falar com meu vizinho, o natal está chegando e eu quero ficar em paz com todos.

Avisa a todo mundo que vem aqui em casa na ceia, que estejam todos bem vestidos e perfumados, é que o namorado da minha filha vai estar aqui com seus pais e eu não quero passar vergonha.

MAS um verdadeiro natal seria…

Se você doasse uma cesta básica por mês?

Se sua família se reunisse uma vez por semana para orar não importando sua religião?

Uma rosa dada com muito carinho seria um ótimo presente para seus parentes. Quando você dá algo com sentimento de estima e carinho, seu valor e incalculável.

Saia da ceia, mas antes reúna toda família e de mãos dadas reze, mas reze em voz baixa, quase com o coração depois se abracem uns com os outros e sinta esta troca de energia. É a melhor coisa do mundo.

Umas das coisas boas do natal e ir à missa. E quando chegar em casa e não encontrar ninguém, sua melhor companhia é você mesmo. Sua ceia pode ser um café. Lembre-se: você acabou de chegar da casa de Deus, ele quer te ver feliz mesmo sozinho. Solidão não é complicada, mesmo no natal. Há uma frase que diz assim: “tem vez que nos sentimos sozinhos no meio da multidão, mas muitas vezes, estamos no meio de uma multidão mesmo sozinhos. Onde você se encaixa?

Viva bem com todos a sua volta o ano todo. Teu vizinho é teu parente mais próximo, talvez o primeiro a te dar bom dia, a te socorrer, assim como todas as pessoas a sua volta.

Sua roupa mais bonita está no seu interior, em teu sentimento em ajudar o próximo, compreender, ouvir e amar a todos sem nenhum tipo preconceito. O perfume que você deve usar se chama gratidão e humildade que sentimos a quilômetros de distância.

Este e o verdadeiro Natal. Comemoramos sim o nascimento de Jesus no dia 25 e o sentimento de Natal levamos conosco nos demais dias do ano.

FELIZ NATAL.

feliz natal a todos